Ushuaia

Acho que a primeira coisa que vem a mente quando pensamos em Ushuaia é o FIM DO MUNDO. Ela é conhecida como a cidade mais austral do mundo. Na verdade, só uma cidadezinha chilena não muito representativa cujo nome é Puerto Williams está mais ao sul.

Não existem voos diretos para Ushuaia. A forma mais comum é voar a partir de Buenos Aires por mais 3 e 1/2 h rumo ao fim do mundo!

Ushuaia tem um centrinho lindo. A rua principal é a San Martin, aonde ficam as principais lojas e restaurantes. Se estiver hospedado no centro da cidade poderá percorrer toda essa região caminhando. 

Estivemos na cidade no mês de agosto, em pleno inverno argentino. Pegamos dias lindos com muita neve. 

As comidas típicas da cidade são o cordeiro, centolla, merluza negra, truta e salmão. E claro podemos degustar esses pratos acompanhados por excelentes vinhos argentinos. Dê preferência por explorar vinhos de vinícolas patagônicas, eles são surpreendentes e bem encorpados.

Existem alguns tipos de restaurantes chamados de tenedor libre. Você paga um preço fixo e come quanto quiser. Eu não gostei muito, a comida é servida de uma maneira muito grosseira. O atendimento é precário e na maioria desses estabelecimentos a qualidade da comida deixa a desejar.

A rede hoteleira de Ushuaia é repleta de opções, existem albergues, pousadas e hotéis de luxo. Nós ficamos hospedados no Hotel Albatros. 

O hotel é muito bem localizado. Os quartos são confortáveis, mas sem grandes luxos. Não tem piscina, mas tem um lindo spa com uma ótima jacuzzi. Tem uma loja da joalheria HStern no hotel. O restaurante do hotel é muito bom. Recomendo.

Os melhores meses são julho e agosto se você procura neve, frio e esportes de inverno. Mas os meses de verão como dezembro, janeiro e fevereiro também são muito procurados pelos turistas. Lembre-se que mesmo no verão as temperaturas são amenas. 

Compartilhar :