Masada

Masada foi Inscrita pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade em 2001, esta fortaleza é o lugar (pago) mais visitado de Israel, já que o Santo Sepulcro, a Via Dolorosa e o Muro das Lamentações, em Jerusalém, ficam foram desta contabilidade. É bastante comum unir este passeio com o Mar Morto no mesmo dia. 

Chegar em Masada foi surpreendente, ela fica localizada às margens do Deserto da Judéia, num platô com vista para o Mar Morto.  Reserve entre duas a três horas pelo menos para visitar Masada. 

A fortaleza foi construída cerca de 30 a.C. , pelo rei Herodes que fortificou o local como um refúgio para o caso de uma revolta. Mas foi no ano de 66 a.C. que iniciou uma grande revolta contra o império Romano e um grupo de extremistas judeus conquistou o lugar. 

Depois de em 66d.c. a fortaleza foi tomada pelos Zelotas, foi então que as tropas Romanas montaram vários campos em redor da montanha. Restos destes campos são ainda hoje bem visíveis do topo da cidade. Era impossível o acesso à cidade pelos caminhos normais, os romanos iniciaram a construção de uma rampa de terra com mais de 100 metros de altura de forma a entrarem na cidade, no topo da qual construíram uma torre de ataque e começaram a destruir a muralha.

Vendo a sua perdição, os Judeus decidiram que preferiam morrer a ser escravizados ou mortos pelos romanos. Sacrificaram assim as mulheres e crianças, e depois os próprios defensores, até que restaram apenas dez e o comandante Eleazar ben Yair. Tiraram sortes para ver qual deles sacrificaria os demais.

Após cumprir a sua tarefa, o último homem ateou fogo ao palácio e lançou-se sobre a própria espada ao lado da família morta. Sobreviveram apenas 6 pessoas que se esconderam e ficaram para contar a história.

Existe um teleférico para subir até o topo da montanha, mas os aventureiros podem subir caminhando, pelo “caminho da serpente”.  Muitos sobem a pé para ver o nascer do sol, já que o teleférico só começa a funcionar a partir das 8 horas da manhã. 

O Horário de funcionamento no verão é de 8 às 17 horas de domingo a quinta feira e na sexta feira de 8 às 16 horas. No inverno é de 8 às 16 horas de domingo a quinta feira e na sexta feira até as 15 horas. O Último teleférico sobe 1 hora antes do horário de encerramento. Confirme os horários pelo site oficial, Masada.

Se programe para chegar o mais cedo possível, inclusive antes dos inúmeros ônibus de turistas, o local é muito cheio e o calor é muito forte, (se optar pela caminhada do pôr do sol, leve um casaco já que o clima no deserto pode ser frio ao amanhecer e garrafas de água). 

SOBRE MIM
Tatá Cepeda
Tatiana Cepeda

Travel Blogger, Agente de viagens, ajudando na realização de sonhos

Compartilhar :